Novo rumor afirma que o “iPhone X” chegará às lojas no prazo previsto.

Novo rumor afirma que o “iPhone X” chegará às lojas no prazo previsto.

A máquina de rumores dos próximos iPhones não para. Após ter basicamente esgotado todas as novidades de recursos e hardware previstas para os próximos aparelhos, ao que parece, a grande imprensa internacional parece ter voltado suas atenções para outro aspecto deveras importante acerca dos aparelhinhos: sua previsão de disponibilidade.

Um rumor de algumas semanas atrás afirmou que a cadeia de produção do “iPhone X” estaria atrasada e que o aparelho só chegaria às mãos dos consumidores algumas semanas (ou meses) após o lançamento dos “iPhones 7s/7s Plus”, que, na teoria, seriam mais simples de produzir por terem muitas características em comum com os atuais iPhones 7/7 Plus. Bom, agora, outra fonte contradiz esta informação e afirma que não, o espetacular iPhone com tela OLED e outras novas características chegará às prateleiras junto dos seus irmãos mais modestos.

De acordo com o DigiTimes, que cita informações do site chinês Economic Daily News, a cadeia de produção do “iPhone X” está perfeitamente alinhada e atendendo a todos os prazos previstos, com a produção em massa do aparelho iniciando-se já em junho — a TSMC iniciará nesta época a fabricação dos wafers de silício para a montagem do chip A11. Desta forma, abre-se o caminho para que o smartphone seja disponibilizado em outubro, junto dos outros modelos a serem lançados.

Aparentemente, havia, sim, um problema na produção do novo aparelho: a fabricação de um novo tipo de placa de circuito não estava rendendo os resultados esperados, e por isso foi especulado que o novo iPhone “atrasaria” (outubro é quando se espera que novos iPhones cheguem ao mercado, mas até a Apple anunciar/prometer algo, não é um “atraso” propriamente dito). Agora, entretanto, a questão parece ter sido solucionada e os consumidores terão seus novos smartphones nas mãos na época que já é comum em termos de iPhones — fim de setembro ou início de outubro.

É bom lembrar sempre, entretanto, que tudo isso não passa de especulação — como qualquer informação acerca da Apple que não saia da própria boca figurativa da Maçã. Quanto a tudo isso, eu digo: vamos esperar sentados, e quando Tim Cook e sua turma tiverem novidades para nos contar, estaremos lá atentos e animados para descobrir — como diria o Radiohead, sem alarmes e sem surpresas.